Governo reúne equipe para traçar ações de combate à seca na Paraíba

novembro 3, 2012
111 Visualizações

Governador reuniu assessores

O governador Ricardo Coutinho decidiu prorrogar por mais 180 dias os decretos de situação de emergência de 170 municípios paraibanos por causa dos efeitos da estiagem. O decreto vai ser publicado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. O prazo do decreto anterior vence nesta segunda-feira (5). O Comitê Integrado de Enfrentamento à Estiagem realizou mais uma reunião nesta quinta-feira (1º). Na reunião de trabalho, Ricardo Coutinho foi informado sobre o andamento das diversas ações visando amenizar os efeitos da seca.

Com as informações atualizadas, o governador destacou a necessidade de todos os integrantes do Comitê se manterem atentos às questões e avançarem nas diversas tarefas. Atualmente no Estado existem 684 carros pipa abastecendo áreas urbanas e rurais. São 239 carros pipa do Estado e 445 do Exército. A Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM) recuperou até o momento 169 poços artesianos.

Uma das recomendações do chefe do executivo é no sentido de que a população esteja bem informada sobre o que o Estado está fazendo para amenizar os problemas com escassez de água. Por causa da estiagem, a Cagepa precisou racionar a oferta de água em 15 cidades e nove distritos. Na segunda-feira (5) a empresa divulgará a relação dos municípios e distritos atingidos pelo racionamento.

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) está acompanhando diariamente o volume de água nos 122 reservatórios monitorados pelo órgão. Decisões de abertura e fechamento de comportas também estão sob controle rigoroso. A agência também fez uma simulação do volume dos mananciais pelos próximos dois anos no caso de a estiagem se manter nos níveis deste ano. Os 122 reservatórios têm capacidade máxima para acumular 3,9 bilhões de metros cúbicos d’água. Hoje o volume de água nos açudes e barragens é de cerca de 1,8 bilhão de metros cúbicos, ou seja, 2,1 bilhões a menos do volume total.

O volume d’água nos seis maiores mananciais do Estado é o seguinte (capacidade máxima, volume atual e percentual hoje):

Coremas – Mãe D’Água – Coremas: 1.358.000.000

Volume atual: 649.975.000 (47,9%)

Epitácio Pessoa – Boqueirão: 411.686.287

Volume atual: 276.130.869 (67,1%)

Engenheiro Ávidos – Cajazeiras: 255.000.000

Volume atual: 51.043.295 (20,0%)

Barragem Acauã – Itatuba: 253.000.000

Volume atual: 125.203.307 (49,5%)

Barragem Saco – Nova Olinda: 97.488.089

Volume atual: 6.153.289 (6,3%)

Lagoa do Arroz – Cajazeiras: 80.220.750

Volume atual: 24.777.738 (30,9%)

No campo da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar, até o momento existe a captação de recursos na ordem de R$ 18 milhões por meio do Programa Nacional de Agricultura Familiar. “Nós temos contratados hoje R$ 6 milhões dentro do Pronaf Estiagem e mais R$ 12 milhões no Pronaf geral. O dinheiro já está com os produtores rurais para superar a situação adversa provocada pela seca’, disse o secretário Alexandre Eduardo Araújo.

A respeito da distribuição gratuita de ração animal junto aos mais de 20 mil produtores rurais, o programa já distribuiu 16,8 mil toneladas das 19 mil anunciadas. O outro programa de complementação alimentar para os rebanhos é executado pela Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) e teve início no último dia 30. O Governo do Estado investe R$ 7 milhões na distribuição com preço subsidiado de até 50% na silagem de milho ou sorgo, torta de algodão e farelo de soja. Foram adquiridas 4.225 toneladas de farelo de soja e torta de algodão e 4.400 toneladas de silagem de milho e sorgo.

Participaram da reunião o secretário da Infraestrutura, Efraim Morais, que coordena as atividades do Comitê; o secretário dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo; o secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Marenilson Batista; o secretário executivo da Agricultura Familiar, Alexandre Eduardo Araújo; o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga; o gerente executivo estadual da Defesa Civil, coronel Walber Rufino; a diretora geral da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Ana Maria AraújoTorres; a gestora do Orçamento Democrático, Ana Paula Almeida, além de representantes da CDRM.

Secom

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Defesa de Lula diz ser ilegal decisão que bloqueou contas do ex-presidente
Política
0 shares24 views
Política
0 shares24 views

Defesa de Lula diz ser ilegal decisão que bloqueou contas do ex-presidente

Jota Alves - jul 20, 2017

A defesa do ex-presidente ainda fez críticas a Moro, que para os advogados, manteve o pedido e a decisão sob sigilo

Célio acompanha diretor do DER em inspeção ao Contorno Rodoviário que será inaugurado sábado
Política
0 shares77 views
Política
0 shares77 views

Célio acompanha diretor do DER em inspeção ao Contorno Rodoviário que será inaugurado sábado

Jota Alves - jul 20, 2017

Ao lado de lideranças dos Girassóis de Guarabira, Célio fez várias visitas ao presidente do DER apresentando demandas da cidade

Gervásio inspeciona novo prédio da Assembleia e destaca preservação do patrimônio histórico
Política
0 shares104 views
Política
0 shares104 views

Gervásio inspeciona novo prédio da Assembleia e destaca preservação do patrimônio histórico

Jota Alves - jul 19, 2017

O prédio é o primeiro imóvel adquirido em 182 anos do Poder Legislativo na Paraíba

Leave a Comment

Your email address will not be published.