Rádio Cultura será geradora do guia em Guarabira e PT vai à Justiça para tirar tempo do PMDB

REUNIAO_GBA_JE

No final da manhã desta sexta-feira (19), os representantes dos partidos, coligações e de emissoras de rádio de Guarabira, participaram de uma reunião com a juíza eleitoral da 10ª zona, Hígia Antônia Porto Barreto e a promotora Andrea Bezerra Pequeno, para definir rádio que vai gerar o guia eleitoral dos candidatos a prefeito e vereador que estão na disputa nessas eleições.

Depois de entendimento do ponto de vista técnico e logístico, ficou definido que a Rádio Cultura AM será a emissora geradora. A transmissão do guia começa na próxima semana, dia 26 de agosto, sempre das 7 às 7:10 da manhã e das 12 às 12:10. A propaganda eleitoral no rádio se estende até o dia 29 de setembro.

Na reunião também foi definida a ordem de exibição do guia. Por sorteio, o primeiro programa será do candidato Zenóbio Toscano (PSDB), depois Josa da Padaria (PSB), na sequência será Fátima Paulino e Belarmino Mariano (Psol) encerra o guia.

O encontro também serviu para definir o tempo que cada coligação terá para apresentar suas propostas no rádio. O candidato do PSDB terá um tempo de 3:01 para no guia. O candidato do PSB ficou com 2:13. A candidata do PMDB terá 4:24 e o candidato do Psol terá 20 segundos diários.

Objeto de disputa interna nas reuniões internas, o Partido dos Trabalhadores teve o seu tempo de guia (01:13) computado na coligação do PMDB, até que a juíza julgue a legitimidade da ata de parte dos filiados que defende aliança com os peemedebistas. Presidente do PT, Ênio Miller assegurou que a instância partidária vai acionar os meios legais para que tempo seja distribuído de forma proporcional com as coligações e não apenas com uma, pois a legenda tem resolução impedindo aliança com partido “golpista”.

Foto: Nordeste1