Concurso do governo da Paraíba é remarcado para janeiro, diz fundação

dezembro 20, 2012
444 Visualizações

As provas do concurso para o preenchimento de vagas para o cargo de técnico administrativo do Governo da Paraíba, suspensas após a constatação da violação de lacres e que aconteceriam no último domingo (16), poderão ser aplicadas no dia 6 ou no dia 13 de janeiro de 2013. Conforme a assessoria jurídica da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), que organiza o certame, a Secretaria de Estado da Administração poderá escolher entre o primeiro ou segundo domingo do ano novo para aplicar a prova. A assessoria da secretaria informou que a definição da nova data será divulgada até o final desta semana.

O concurso da Secretaria de Administração disponibiliza 3.180 vagas e teve 37.177 inscritos. O resultado estava previsto para ser divulgado no dia 28 de dezembro.

Segundo a assessoria da Secretaria de Administração, nenhuma prova chegou a ser subtraída do malote, mas a decisão da suspensão veio em razão do comprometimento do sigilo necessário à legalidade da aplicação do concurso, visto que os lacres foram violados de forma criminosa e alguma prova pode ter sido fotografada.

O delegado Olímpio Ferraz, da Polícia Federal, disse que o inquérito do caso ainda não foi instaurado e as investigações só poderão ser iniciadas após a posição da Corregedoria Geral de Justiça, que decidirá se o caso será conduzido pela Polícia Federal ou Polícia Civil. Conforme explicou, a ocorrência foi registrada no interior do aeroporto, que é uma área federal, mas o caso poderá ser investigado pela Polícia Civil, já que o fato implicou na violação de mercadoria de uma empresa privada.

“A perícia ainda está sendo concluída, mas foi constatada a violação de dois lacres de um dos malotes que guardavam as provas do exame. Está sendo descartada a hipótese de violação natural durante o trajeto aéreo, já que o plástico que foi violado é de alta resistência. A situação em que esse lacre foi violado, se foi no Rio de Janeiro ou na entrada do Estado, só após as investigações e conclusão da perícia”, esclareceu.

De acordo com Hugo Baranda, assessor jurídico da Funcab, a organizadora do concurso planeja montar um esquema de segurança reforçado para o transporte dos novos malotes e a empresa deverá enviar um requerimento solicitando à Secretaria de Segurança do Estado que a bagagem venha ser escoltada. “Em dez anos de atividades sempre usamos a mesma forma de transporte e nunca registramos uma ocorrência como esta. Não podemos errar. Desta vez, se possível, a bagagem será acompanhada por um agente de segurança. Será enviado um requerimento ao secretário de segurança do Estado para que designe uma pessoa para fazer a segurança da prova”, ressalta.

O assessor jurídico informou ainda que o financeiro da fundação já foi acionado para apurar os transtornos causados pela violação dos lacres e que certamente a transportadora deverá ser alvo de processo.

Do G1

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma
Política
0 shares31 views
Política
0 shares31 views

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma

Jota Alves - jun 20, 2019

De acordo com postagem feitas em redes sociais, as possíveis irregularidades são em processos licitatórios

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado
Política
0 shares26 views
Política
0 shares26 views

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado

Jota Alves - jun 20, 2019

Segundo o site The Intercept Brasil, as mensagens foram trocadas entre 2015 e 2018 e obtidas a partir da invasão de aparelhos dos procuradores por hackers

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso
Política
0 shares33 views
Política
0 shares33 views

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso

Jota Alves - jun 20, 2019

A Operação Harpalo começou em dezembro de 2018 e investiga o superfaturamento em contratos da prefeitura de Camaragibe

Leave a Comment