Forças de Segurança Pública apreendem quase mil armas de fogo na Paraíba somente esse ano

abril 22, 2015
749 Visualizações

armasapreendidas

O trabalho de repressão qualificada realizado pelas Polícias Civil e Militar da Paraíba desde o início de 2015 teve como resultado a apreensão de 982 armas de fogo no Estado, no período de janeiro a março. Entre o material apreendido estão revólveres, pistolas e armas de grosso calibre, como espingardas.

O relatório feito pelo Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) ainda revela que no comparativo entre o 1º trimestre deste ano e do mesmo período de 2014, o aumento no número de armas apreendidas foi de 20%, com 818 unidades retiradas de circulação nos três meses do ano anterior. Em 2013, foram 637 armas apreendidas no 1º trimestre.

Com base nessas informações, a Paraíba tem uma média diária de 10,9 armas apreendidas nos três primeiros meses do ano. Ainda segundo o levantamento, revólveres representam 51% das apreensões, seguidos de espingardas (39%) e pistolas (6%). Outros tipos de armamento somam 4% do material retirado de circulação.

Para o secretário da Segurança, Cláudio Lima, o aumento na quantidade de armas apreendidas é resultado de um trabalho qualificado, baseado na integração das Polícias Militar e Civil, que executam ações específicas para desarmar criminosos. “Entre outros aspectos, apreendemos armas porque são o principal instrumento do criminoso, o que gera insegurança na população, e por consequência realizamos o enfrentamento aos crimes contra a vida e contra o patrimônio”, ressaltou.

Para incentivar a apreensão de armas de fogo na Paraíba, em 2012 o governador Ricardo Coutinho, por meio da Lei nº 9.708, instituiu uma bonificação por unidade desse material apreendida no Estado. Os policiais podem receber de R$ 300 a R$ 1.500 por apreensão, dependendo do calibre do armamento.

Quantidade de apreensões aumenta a cada ano – Dados do Núcleo da Seds também confirmam que o número de armas retiradas de circulação na Paraíba aumenta há quatro anos, de forma consecutiva. Foram 1.709 armas apreendidas em 2010 e 2.179 no ano seguinte, depois da implantação do Programa Paraíba Unida pela Paz, chegando a 2.736 em 2012. Já no ano posterior, as forças de Segurança retiraram das ruas 2.774 revólveres, pistolas e demais armamentos, chegando a 2.952 unidades apreendidas em todo o ano de 2014.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Chove em Guarabira e acumulado soma 32mm nas últimas 24h
Notícias
0 shares25 views
Notícias
0 shares25 views

Chove em Guarabira e acumulado soma 32mm nas últimas 24h

Jota Alves - jun 13, 2019

Embora tenha caído um volume considerável de chuva, mas em razão de não ser tão intensa e forte, não foi suficiente para acumular água em locais que historicamente ocorrem inundações

Em Guarabira, marginal é preso pela ROTAM com moto, dinheiro, drogas e celulares
Policial
0 shares34 views
Policial
0 shares34 views

Em Guarabira, marginal é preso pela ROTAM com moto, dinheiro, drogas e celulares

Jota Alves - jun 13, 2019

O suspeito fugiu pulando muro dos quintas das residências. Uma arma, drogas e celulares foram aprendidos por policiais da Rotam do 4° BPM.

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira
Política
0 shares72 views
Política
0 shares72 views

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira

Jota Alves - jun 12, 2019

O presidente da Câmara Municipal citou localidades como Maciel, Tananduba, Pirpiri, Escrivão, Catolé, dentre outras, onde as estradas estão em situação de precariedade

Leave a Comment