Jornalista Maurício Torres morre em São Paulo, aos 43 anos

Maurício Torres

Após várias complicações médicas, morreu no início da noite deste sábado (31/05) o jornalista Maurício Torres. Ele tinha 43 anos e apresentava o “Esporte Fantástico” na Rede Record. Maurício estava internado desde primeiro de maio no Hospital Sírio Libanês. Ele passou mal durante um voo entre Rio de Janeiro e São Paulo, teve uma arritmia cardíaca e foi internado.

Maurício trabalhou na Rádio Globo do Rio de Janeiro, na TV Globo, SporTV e estava na TV Record desde 2005. Deixa mulher e uma filha de oito anos.

No último dia 19 de abril o jornalismo esportivo perdeu Luciano do Valle, locutor da Band, que também passou mal durante um voo.

“A Rede Record lamenta profundamente a morte de seu apresentador e narrador esportivo Mauricio Torres.

Mauricio estava internado desde o dia 01 de maio no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, depois de passar mal durante um voo entre o Rio e São Paulo. O narrador teve várias complicações médicas e faleceu no início da noite deste sábado (31).

O apresentador chegou a Record em 2005 para as transmissões de futebol. Ele estreou na partida entre Brasil e Colômbia, válida pela fase final do Torneio Sul-Americano Sub-17, disputado na Venezuela. No mesmo ano participou dos programas “Terceiro Tempo” e “Debate Bola”. Mauricio também esteve na equipe olímpica da Record nos Jogos de Inverno de Vancouver (2010), nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara (2011), na Olimpíada de Londres (2012) e nos Jogos de Inverno de Sochi (2014).

O apresentador chegou a Record em 2005 para as transmissões de futebol. Ele estreou na partida entre Brasil e Colômbia, válida pela fase final do Torneio Sul-Americano Sub-17, disputado na Venezuela. No mesmo ano participou dos programas “Terceiro Tempo” e “Debate Bola”.

Atualmente apresentava o “Esporte Fantástico” ao lado de Mylena Ciribelli e Cláudia Reis.

O Brasil perde um dos principais jornalistas esportivos do país e um dos mais promissores talentos de sua geração.