Líder comunitário rompe com Zenóbio e anuncia apoio a Raniery Paulino

setembro 29, 2014
417 Visualizações
Pedro Xavier, Roberto, Fátima Paulino e Zico

Pedro Xavier, Roberto, Fátima Paulino e Zico

O presidente da Associação Rural de Tananduba de Baixo (zona rural de Guarabira), Severino Xavier Barbosa, o popular Zico, anunciou apoio ao projeto de reeleição do deputado estadual Raniery Paulino (PMDB).

Zico é assessor do vereador guarabirense Marcelo Bandeira (PSD) e ex-aliado do prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB). Severino Xavier disse ter sido maltratado pelo gestor municipal, por isso não vai acompanhar seus candidatos nas eleições desse ano.

Na manhã desta sexta-feira (26), o líder comunitário procurou o ex-governador Roberto Paulino (candidato a vice na chapa de Vital do Rêgo) e a ex-prefeita Fátima, declarando estar engajado na campanha de reeleição do deputado Raniery.

A ex-prefeita Fátima, ao receber Zico em sua residência, disse que “que o Grupo Paulino é como coração mãe. Vive sempre aberto a recepções. Só não queremos quem não nos quer”, arrematou.

Zico disse que sua decisão também será acompanhada por familiares e parte da comunidade de Tananduba de Baixo.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

‘Dá saudade todo dia’, diz Lucas Veloso após três anos da morte do humorista Shaolin
Notícias
0 shares22 views
Notícias
0 shares22 views

‘Dá saudade todo dia’, diz Lucas Veloso após três anos da morte do humorista Shaolin

Jota Alves - jan 14, 2019

O acidente com Shaolin aconteceu em Campina Grande, no dia 18 de janeiro de 2011

Nesta terça, Bolsonaro assina decreto que flexibiliza posse de armas de fogo
Política
0 shares15 views
Política
0 shares15 views

Nesta terça, Bolsonaro assina decreto que flexibiliza posse de armas de fogo

Jota Alves - jan 14, 2019

O porte de arma de fogo, ou seja, o direito de andar com a arma na rua ou no carro não será incluído no texto

MP pede mais de 1.500 anos de prisão para Berg Lima, prefeito de Bayeux
Notícias
0 shares16 views
Notícias
0 shares16 views

MP pede mais de 1.500 anos de prisão para Berg Lima, prefeito de Bayeux

Jota Alves - jan 14, 2019

Para o procurador, cada salário pago aos ‘fantasmas’ é um crime diferente, e por conta disso, ele pede à Justiça que Berg Lima seja denunciado 128 vezes no crime

Leave a Comment

Your email address will not be published.