Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo demite secretário de Esportes e diretor do estádio da Graça

Graça

Duas exonerações aconteceram por causa do incidente de ontem à noite no Estádio da Graça em João Pessoa. O cancelamento da partida entre Santa Cruz e Treze, ocorrido pela falta de marcação das linhas do gramado, fez com que o prefeito da capital paraibana exonerasse o secretário de Esportes, Sérgio Meira, e o diretor do estádio, Leonardo Vinagre.

Hoje de manhã, foi emitida uma nota sobre o episódio.

Em face do lamentável episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (5) no estádio da Graça, provocando o cancelamento da partida entre Santa Cruz x Treze pelo Campeonato Paraibano, o prefeito Luciano Cartaxo decidiu que estão exonerados dos seus cargos o titular da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), Sérgio de Morais Meira, como também o diretor do estádio Leonardo Vinagre da Silveira.

 

Prefeitura Municipal de João Pessoa

O que houve – O jogo entre Santa Cruz de Santa Rita e Treze, que deveria começar às 20h30 desta quinta-feira, 5, foi cancelado por falta de marcação das linhas do gramado do Estádio da Graça, em João Pessoa, local do duelo. Para piorar, não havia a tinta adequada para pintar os limites do gramado.

De forma bastante improvisada, funcionários do estádio e até do Treze tentaram pintar as listas com uma tinta inapropriada, mas ela “não pegou”, segundo relato do árbitro João Bosco Sátyro.

Assim, ele disse que esperaria uma hora antes de resolver cancelar o confronto. A Prefeitura de João Pessoa, responsável pelo estádio, chegou a comprar dois galões de tinta para pintar o campo às pressas. Mas estas chegaram apenas a três minutos do fim do prazo.

Um verdadeiro mutirão foi realizado. Com a participação de integrantes da comissão técnica dos clubes e até de jogadores do Santa Cruz para pintar o campo. Mas o árbitro cancelou o jogo às 21h30.

Fonte: ParlamentoPB