Alvo de fraude, eleição para Conselho Tutelar de Pilõezinhos ocorre no próximo domingo

O Ministério Público Estadual, através da promotora de Justiça Danielle Lucena divulgou, nesta terça-feira (08), a nova data das eleições do Conselho Tutelar de Pilõezinhos, Brejo paraibano. O pleito do último domingo (6) foi anulado após a identificação de havia mais cédulas de votação do que eleitores. Em duas urnas apuradas, eram 90 cédula a mais do que deveria.

O processo de escolha para definir a nova formação do Conselho Tutelar do município acontecerá no próximo domingo, 13 de outubro.

O Ministério Público definiu que o pleito acontecerá novamente na Escola Municipal Marlene Alves Mendes. Os candidatos serão escolhidos através cédulas de papel.

A promotora concedeu entrevista à Rádio Comunitária Pilõezinhos FM. A representante do MP disse que existiu o interesse para realizar o pleito do próximo domingo (13) com a urna eletrônica, sendo descartada posteriormente.

De acordo com o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Jailson Maia, disse que haverá maior fiscalização, para evitar que as irregularidades se repitam e afirmou que é uma uma questão de honra realizar uma eleição limpa, sem máculas.

O episódio de fraude na eleição em Pilõezinhos foi noticiado em emissora de TV de repercussão nacional e até internacional. A GloboNews deu a informação sobre a anulação da eleição, destacando a fraude.