Governo entrega centro gerencial e assina contrato de gestão das Várzeas de Sousa‏

novembro 29, 2012
148 Visualizações

Ricardo e aoutras autoridades na inauguração

O Governo do Estado concluiu as obras do Perímetro de Irrigação das Várzeas de Sousa com a inauguração, na tarde desta quarta-feira (28), do centro gerencial, às margens da BR-230. O governador Ricardo Coutinho também assinou a contratação da empresa de consultoria Projetec, que será responsável pela gestão e acompanhamento dos 178 irrigantes por dois anos, antes do início da fase de autogestão.

A solenidade de inauguração do centro reuniu o governador; o secretário nacional de Irrigação, Guilherme Orair; o secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Marenilson Batista; o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone; o deputado Lindolfo Pires e vários irrigantes das Várzeas de Sousa. Na ocasião, o governador também entregou as chaves de uma retroescavadeira, quatro veículos e seis motocicletas cross para auxiliar o trabalho dos irrigantes.

Ao longo dos últimos dois anos, o Governo investiu R$ 14.670.000,00 para a conclusão da parte de drenagem, da rede de distribuição de água e da implantação do Centro de Gerenciamento do Projeto das Várzeas de Sousa. No centro gerencial, a empresa Projetec e os irrigantes cuidarão da gestão do projeto como administração da água, operação e manutenção da infraestrutura.

O Governo do Estado, em parceria com o Governo federal, por meio do Ministério da Integração, investiu R$ 6.712.310,23 na contratação da empresa de consultoria responsável pela operação inicial, organização e formação do distrito de irrigação, operação e manutenção e a assistência técnica aos 178 produtores, O contrato terá vigência de dois anos.

Gestão profissionalizada – O governador Ricardo Coutinho afirmou que é fundamental ter a capacidade de construir uma gestão coordenada pelos próprios condôminos, mas de uma forma profissionalizada para garantir o uso racional da água, insumos e equipamentos. “Essa é uma região que com acesso a água mostra-se produtiva nos seus 2.129 hectares irrigados e é preciso ser gerido não pelo Governo do Estado, mas por quem trabalha aqui dentro”, defendeu.

Ricardo ressaltou que o Governo do Estado finalmente concluiu as obras estruturais das Várzeas de Sousa num período de grave estiagem e inicia a operação dentro de um novo modelo de gestão que certamente vai aumentar a produção, que em 2011 chegou a 22.129,5 toneladas de alimentos.

“O próximo passo agora será a licitação dos nove lotes que faltam para poder abranger todas as áreas que podem ser irrigadas. Junto a isso temos o programa Mais Irrigação, que irá possibilitar a modernização do perímetro de São Gonçalo, que ainda utiliza a antigo modelo de irrigação por alagamento”, destacou o governador.

O secretário nacional de Irrigação, Guilherme Orair, em sua primeira visita às Várzeas de Sousa, ressaltou que o projeto é uma prova de que, mesmo num período de seca, com o uso racional da água, é possível se ter desenvolvimento local e geração de renda. “Se por um lado temos uma situação tão delicada de seca e acesso à água, vemos que, por outro lado, podemos crescer tanto aqui quanto no perímetro de São Gonçalo que foi incluído no programa Mais Irrigação”, comentou.

Orair avaliou que o contrato de gestão irá dar um salto de qualidade com critérios melhores de organização, capacitação, acesso ao mercado e ocupação de toda área irrigável do projeto. “O ponto forte disso é a sustentabilidade do projeto para que, após o contrato, seja gerenciado de forma profissionalizada pelos irrigantes”, observou.

O secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca, Marenilson Batista, disse que esse momento marca a conclusão de um ciclo no qual o atual governo investiu R$ 14, 2 milhões em obras e a abertura de um novo ciclo de gestão, que dará ao perímetro irrigado a evolução necessária para se tornar em breve uma referência nacional. “Estamos criando as condições para fazer dessa área um grande celeiro de produção e irrigação da Paraíba. O perímetro das Várzeas de Sousa já é uma realidade que beneficia 400 famílias da região e gera cerca de 5 mil empregos diretos”, completou.

Redenção – O produtor Francisco Dias destacou que o governo do Estado deu hoje o pontapé inicial de um novo modelo de gestão em um período muito difícil de seca, o qual exige capacidade do uso racional da água. “Essa é mais uma etapa importante do projeto, porque inicia uma gestão profissionalizada que irá melhorar a qualidade dos produtos e aumentar a produção. Hoje temos uma produção em uma área de 8 hectares de coco, banana e goiaba que, graças à irrigação, se mantém forte diante da seca”, explicou.

O também produtor José Alves de Oliveira contou que vive há seis anos na área e nunca viu uma fase tão boa do projeto. “Essa irrigação é uma redenção para os 178 produtores e com os novos investimentos do Governo do Estado a situação de todos deve melhorar”, comemorou.

Oásis no Sertão – O projeto Várzeas de Sousa tem como objetivo a irrigação de uma área total de 4.376 ha com 178 lotes para pequenos produtores para exploração de fruticulturas (banana, goiaba, maga) e 19 lotes empresariais. As áreas são destinadas à produção de culturas de alto valor comercial, com elevado nível tecnológico, proporcionando a produção de alimentos e matérias primas com geração de riqueza e emprego para desenvolvimento da região e do Estado.

A infraestrutura de irrigação é composta por um canal condutor – o Canal da Redenção, com 37 km de extensão, e várias obras ao longo deste canal, tais como: túneis, sifões e galerias; reservatório de compensação; estação de bombeamento; subestação elétrica; adutoras de recalque e distribuição; reservatório de distribuição; rede de distribuição de água para irrigação (adutoras); rede de drenagem, rede viária, cercas do perímetro e reserva legal, centro gerencial, material de irrigação parcelar.

O Canal da Redenção tem início na tomada d’água da Barragem Coremas-Mãe D’água, no município de Coremas, e desemboca na Barragem de Compensação.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Em sessão que debateu políticas públicas para juventude, Prefeitura de Guarabira recebe críticas
Política
0 shares21 views
Política
0 shares21 views

Em sessão que debateu políticas públicas para juventude, Prefeitura de Guarabira recebe críticas

Jota Alves - ago 17, 2017

Vereador líder da bancada do PSB, Renato Meireles cobrou da Prefeitura de Guarabira a criação de uma secretaria de juventude

Virou moda: deputado Jair Bolsonaro leva ovada de manifestante em São Paulo
Política
0 shares19 views
Política
0 shares19 views

Virou moda: deputado Jair Bolsonaro leva ovada de manifestante em São Paulo

Jota Alves - ago 17, 2017

A suspeita de dar a ovada e um homem foram detidos pela Polícia Militar e foram levados para a delegacia

Mari: Prefeitura divulga atrações para festa de 59 anos de emancipação política
Notícias
0 shares38 views
Notícias
0 shares38 views

Mari: Prefeitura divulga atrações para festa de 59 anos de emancipação política

Jota Alves - ago 17, 2017

De acordo com o gestor, além do tradicional desfile cívico, já estão confirmados para o dia 19, Gabriel Diniz e Alberto Bakana

Leave a Comment

Your email address will not be published.