Greve geral: escolas fechadas, bloqueios em ruas e garagens de ônibus, na Paraíba

Protestos estão bloqueando algumas ruas na cidade de João Pessoa, desde o início da manhã desta sexta-feira (14). Os manifestantes protestam contra a reforma da Previdência e outras ações do governo federal.

A saída do bairro dos Bancários, com sentido para o Centro de João Pessoa está fechada desde 4h. Manifestantes queimaram pneus e bloquearam a via. Os motoristas estão sendo orientados pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar a seguir pela contra-mão para poder continuar o trajeto.

No bairro de Oitizeiro, manifestantes também se concentram nesta sexta-feira com bloqueio no sentido para o Centro da capital. Pneus foram queimados e grupo está reunido com faixas de protesto. Na BR-101, o trânsito está muito lento e difícil de transitar nas primeiras horas desta sexta-feira. Quem segue em direção à BR-230, o trânsito está liberado. No entanto, quem quer seguir para Cruz das Armas precisa pegar a BR-230 e entrar no bairro Jardim Veneza.

Em Campina Grande, funcionários de uma empresa de telemarketing foram impedidos de entrar. Manifestantes bloquearam a entrada do local, no início da manhã desta sexta-feira, no bairro do Cruzeiro.

Na Avenida Liberdade, em Bayeux, na Grande João Pessoa, manifestantes bloquearam os dois sentidos da via. O local é a principal ligação entre Bayeux e a capital. Como desvio, alguns motoristas estão usando a ponte Sanhauá, já que a ponte do Baralho está bloqueada. No acesso da parte de baixo, por uma pequena ladeira, um carro foi colocado para impedir a passagem também nesse desvio.

A saída do bairro do Varadouro, com direção para o Acesso Oeste e Terminal de Integração de João Pessoa, também foi bloqueado pelo pelos manifestantes por volta das 8h40, que queimaram pneus e fecharam a via.

Em Guarabira, embora não haja até agora registros de protestos, estudantes, professores e técnicos dos campus da UEPB e IFPB aderiram à greve geral. Escolas estaduais, municipais e particulares também não funcionam nesta sexta.