Guarabira: Malagty diz que não faz mais parte de bancada liderada por Zé Ismai

Malaguty1

O vereador de Guarabira, Armando Malaguty (PMDB), disse durante entrevista nesta quarta-feira (3) que não mais se considera liderado pelo vereador Zé Ismai (PHS), que lidera a bancada oposicionista na Câmara. O parlamentar se disse surpresos com ataques feitos por Ismai em pronunciamento feito na sessão ordinária da casa Osório de Aquino na tarde desta terça-feira (2).

Zé colocou em cheque atestado médico apresentado por Malaguty à Câmara solicitando 121 dias de afastamento das atividades legislativas para fins de tratamento médico. De acordo com o líder, o atestado foi emitido por uma médica em João Pessoa e no mesmo dia Armando estaria participando de uma atividade política na Capital paraibana. O presidente da Câmara, Saulo de Biu, também questionou o atestado e disse que foi conseguido de forma virtual.

Em entrevista à Constelação FM, Malaguty negou que tenha algum tipo de irregularidade em seu pedido de afastamento e anunciou que por causa de burocracia com a previdência social decidiu que não mais de afastará da Câmara e revelou que o primeiro suplente de vereador, Sebastião (PMDB), não tinha interessem em assumir a vaga.

O parlamentar disse que se surpreendeu com os ataques porque os dois vereadores são da bancada a qual ele pertence e lamentou pela postura, garantindo que manterá seu posicionamento em defesa dos interesses da sociedade guarabirense.