João Azevêdo eleva o tom, se diz decepcionado e chama Ricardo Coutinho de maquiavélico

Após divulgar em carta anunciando a saída do PSB, o governador da Paraíba, João Azevêdo, falou sobre os motivos que o levaram a tomar a decisão.

Em entrevista durante evento em Campina Grande, nesta terça-feira (4), João comparou o ex-aliado e ex-governador Ricardo Coutinho ao filósofo italiano renascentista, Nicolau Maquiavel.

Segundo o governador, RC tentou inverter as situações o atacando tão como sugeria o estudioso.

“Maquiavel já ensinava que a melhor maneira de atacar alguém é inverter as posições. Talvez esse golpe interno do partido é porque imaginavam que em 2022 não tinha agenda”, frisou.

Questionado sobre sua saída do ‘jardim dos girassóis’, Azevêdo afirmou estar de consciência tranquila, porém, decepcionado.

“Não tenho mágoa, meu coração não tem espaço pra isso. Tenho decepção. Mas, tenho que recomeçar. Saio do PSB com a consciência tranquila de que tudo que construímos nos últimos anos, eu dei continuidade”, pontuou.

Fonte: Paraíba Online