Paraíba registra queda de 22% de crimes violentos, diz secretário

novembro 1, 2012
102 Visualizações

Reunião da cúpula da segurança

O número de homicídios na Paraíba caiu 22% no mês de outubro, em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o mês de outubro de 2010, a queda registrada é de 25%. Enquanto em outubro deste ano ocorreram 124 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em todo Estado, em 2010 foram contabilizados 166 crimes desse tipo e em 2011, 159 casos. São considerados CVLI os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte.

Já no acumulado de janeiro a outubro deste ano, o número de homicídios na Paraíba sofreu uma redução de 9,2%, em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto nos dez primeiros meses do ano passado ocorreram 1.399 CVLI, este ano a incidência desse tipo de crime caiu para 1.270 casos. A queda representa mais 129 vidas preservadas.

Os dados constam do relatório apresentado pela Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds), na manhã desta quinta-feira (1), no Palácio da Redenção, durante reunião mensal de monitoramento e planejamento das ações de segurança no Estado, que contou com a presença do governador Ricardo Coutinho.

Logo após a apresentação dos números, o governador fez uma avaliação positiva do trabalho integrado das Polícias Civil e Militar, destacando a redução de mais de 20% dos homicídios no mês de outubro em relação ao mesmo período de 2010 e 2011. E ressaltou que a meta de redução dos homicídios em 10% está próxima de ser alcançada, devendo ocorrer até o final deste ano.

“Essa é uma meta ambiciosa, pois em praticamente todos os Estados do Brasil você percebe o aumento dos homicídios e crimes contra o patrimônio. Na Paraíba, depois de 11 anos de crescimento ininterruptos, pela primeira vez estaremos reduzindo em relação ao ano anterior. Mas para atingirmos esta meta precisamos continuar trabalhando muito”, enfatizou Ricardo Coutinho.

Na avaliação do governador, o trabalho integrado das Polícias Civil e Militar com a realização de operações e os investimentos na aquisição de novas viaturas, armamentos, equipamentos de proteção a e política de valorização dos policiais são os fatores que estão contribuindo para esses resultados. Ele acrescentou que outro fator positivo é a diminuição de inquéritos acumulados de anos anteriores, que quebra a sensação de impunidade. “Se o inquérito anda e lá na frente a Justiça funciona, se concluiu o ciclo da investigação e do julgamento e os que tiverem na ilegalidade paguem pelo seu crime”, explicou.

Operações – Na reunião, também foram apresentados projetos de sucesso desenvolvidos pelas polícias e bombeiros militares, a exemplo da Operação Visibilidade, na qual viaturas são colocadas em locais e horários estratégicos e de maior circulação de pessoas nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, a fim de dar maior sensação de segurança à população.

“É a polícia vendo e sendo vista, trabalhando com pontos fixos de bloqueio, que inibem a ação de criminosos. São exemplos de lugares onde as polícias estão presentes o viaduto do bairro do Cristo, em João Pessoa, a entrada do município de Santa Rita, a Avenida Liberdade, em Bayeux”, comentou o subcomandante da Polícia Militar, coronel Francisco de Assis Castro.

O secretário de Segurança e Defesa Social, Claudio Lima, também elogiou a atuação da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros durante as eleições 2012 e citou as operações integradas realizadas em várias cidades da Paraíba e que de fato contribuem para a redução da violência, como aquelas que aconteceram em Mari, município que há pelo menos 80 dias não registra homicídios.

Para o promotor Bertrand Asfora, que juntamente com o Sub Procurador Geral de Justiça, Nelson Gomes, esteve presente no encontro, a apresentação do que vem sendo desenvolvido pelas forças de segurança do Estado foi bastante satisfatória. “Saio daqui contente com as ações desenvolvidas pela secretaria, já que tudo redunda no Ministério Público, que é titular da ação penal. Temos absoluto interesse em sermos parceiros da Polícia Civil e da Polícia Militar”, revelou, elogiando a vontade política de enfrentar a violência no Estado.

Secom

Comente esta matéria

Você também pode gostar

“Célio tem demonstrado ser um defensor inconteste da região”, afirma Gilson Cândido
Política
0 shares42 views
Política
0 shares42 views

“Célio tem demonstrado ser um defensor inconteste da região”, afirma Gilson Cândido

Jota Alves - ago 21, 2017

Gilson repercutiu a pré-candidatura de Célio Alves a deputado estadual, chancelada pelo governador Ricardo Coutinho

Em campanha, caravana de Lula terá atos em João Pessoa e Campina Grande
Política
0 shares30 views
Política
0 shares30 views

Em campanha, caravana de Lula terá atos em João Pessoa e Campina Grande

Jota Alves - ago 21, 2017

Para o presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo, apesar do momento de turbulência política, a passagem de Lula é motivo de grande alegria

Temer acusa Veneziano de desmoralizá-lo e releva oposição de Ricardo
Política
0 shares40 views
Política
0 shares40 views

Temer acusa Veneziano de desmoralizá-lo e releva oposição de Ricardo

Jota Alves - ago 21, 2017

O presidente chamou a sua relação com o governador Ricardo Coutinho de 'republicana', e disse que o foco do seu trabalho é o povo da Paraíba

Leave a Comment

Your email address will not be published.