Sebrae: pequenas e microempresas paraibanas aumentam faturamento, revela pesquisa

outubro 18, 2012
85 Visualizações

O micro e pequeno empresário paraibano está confiante no crescimento do seu próprio negócio, revelando um aumento no seu faturamento e no número de pessoal contratado. É o que revela a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (17), pelo Sebrae, sobre o Índice de Confiança das Micro e Pequenas Empresas. O estudo ouviu 5,6 mil empreendedores de todo o país sobre o desempenho de suas empresas no mês de agosto, comparado ao anterior e sobre suas perspectivas para setembro, outubro e novembro.

No quesito aumento do faturamento mensal, o empresário paraibano teve um desempenho superior à média nacional e à região Nordeste. Na Paraíba, 35% dos empresários disseram ter aumentado seu faturamento no mês de setembro, comparando-se com agosto. Essa média nacional foi de 28%. Tomando-se a região Nordeste, que teve o melhor índice ao lado da Sul, o aumento de faturamento foi de 31% das empresas.

Quanto à ocupação de pessoal, a grande maioria dos micro e pequenos empresários paraibanos (87%) afirmaram ter mantido a estabilidade. No entanto, 8% disseram ter aumentado e ainda 5% diminuíram o total de pessoas ocupadas na empresa. Esta foi a primeira pesquisa nacional sobre a evolução do faturamento e da ocupação nas micro e pequenas empresas.

Para o superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael, é uma satisfação para a instituição ver esses indicadores positivos. “Em outros estudos e pesquisas o micro e pequeno empresário paraibano tem mostrado índices acima da média nacional, a exemplo do último Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que mostrou a força das micro e pequenas empresas como as grandes empregadoras de mão de obra no Estado”, disse o superintendente.

Ele ainda acrescentou que esses dados devem servir de base, tanto para o Sebrae, quanto para os empresários e o poder público. “Esses índices nos mostram onde devemos melhorar nossos serviços e nos ajudam na construção das políticas públicas em prol da micro e pequena empresa”, completou.

Índice de confiança

Para se medir o Índice de Confiança das empresas, as respostas dos empresários foram medidas em uma escala de 0 a 200, onde 100 é o ponto de equilíbrio. Acima dele, o resultado é considerado positivo, com tendência de expansão das atividades. Esse índice de confiança nacional foi 122, em setembro deste ano.

Para os empresários paraibanos, no entanto, o índice foi um pouco superior: 129, demonstrando o otimismo dos empreendedores. Esse resultado é o maior dos últimos três meses, já que em julho o índice de confiança do empresário paraibano foi 120 e, em agosto, 123.

Essa metodologia foi criada pelo Sebrae com base nos indicadores de confiança da Universidade de Michigan e no Conference Board dos Estados Unidos, referência mundial em pesquisas econômicas. As entrevistas são feitas por telefone e contam com parceria da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Ascom

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Entre Guarabira e Araçagi, viatura da Polícia Militar capota
Policial
0 shares72 views
Policial
0 shares72 views

Entre Guarabira e Araçagi, viatura da Polícia Militar capota

Jota Alves - jun 26, 2017

O condutor da viatura, o soldado Cássios, disse que estava com destino à cidade de Araçagi (PB) para dar apoio ao tenente Galdino, quando teve que realizar uma manobra arriscada

Guarabira: mulheres tentam entrar com maconha nas partes íntimas e presas em flagrante
Policial
0 shares30 views
Policial
0 shares30 views

Guarabira: mulheres tentam entrar com maconha nas partes íntimas e presas em flagrante

Jota Alves - jun 26, 2017

Como a outra mulher se recusou a ser revistada, foi conduzida ao Hospital Regional da cidade para que fosse verificado se portava ou não a droga

Datafolha: Lula tem 30%, Bolsonaro, 16%, e Marina, 15%
Política
0 shares29 views
Política
0 shares29 views

Datafolha: Lula tem 30%, Bolsonaro, 16%, e Marina, 15%

Jota Alves - jun 26, 2017

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e índice de confiança de 95%

Leave a Comment

Your email address will not be published.