Polícia Civil prende acusado de latrocínio na cidade de Alagoa Grande

No início da manhã  desta quinta-feira (5), na zona rural de Alagoa Grande, policiais civis do Núcleo de Homicídios e do Grupo Tático Especial de Guarabira-PB (8ªDSPC) concluíram a Operação Thanatus, deflagrada na tarde de ontem (4), efetuando a prisão do indivíduo Antônio Silva do Nascimento, mais conhecido como “Tonho Zoró”, 38 anos, autor de um latrocínio, no dia 25/04/2019, naquele município.

Na ocasião, “Tonho” matou a pauladas o agricultor Antônio de Souza Silva, 50 anos, conhecido por “Tonho Novo”, e dele subtraiu a moto e outros pertences.

No curso da investigação, que durou 4 meses, a polícia conseguiu chegar ao comparsa de “Tonho”: Adriano Bezerra de Oliveira, 42 anos, que possui um “desmanche de veículos” na cidade de Sapé-PB, o qual ficou com os bens roubados e os vendeu. Adriano também foi preso pela Polícia Civil, na tarde de ontem, em Sapé, onde reside. Contra ambos foram expedidos mandados de prisão pelo juízo da comarca de Alagoa Grande.

Ouvidos, os dois acusados confessaram o crime. “Tonho Zoró” é suspeito de ser autor de vários roubos na zona rural de vários municípios. Ambos os acusados serão apresentados no fórum de Alagoa Grande para audiência de custódia.