Três são presos por policiais do 4º BPM suspeitos de violência doméstica, ameaça e disparos de arma de fogo

Somente deste domingo (11), policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam três homens suspeitos de violência doméstica, ameaça e disparos de arma de fogo e apreenderam um revólver. A primeira prisão aconteceu no Bairro das Nações, em Guarabira, quando a própria vítima manteve contato com o Copom informando que, desde o sábado (10), estaria sofrendo tortura psicológica e sendo ameaçada com uma faca peixeira pelo esposo.

A guarnição da Rotam, comandada pelo sargento Laelson, compareceu ao local e constatou a veracidade do fato, sendo as partes envolvidas conduzidas à Delegacia de Polícia Civil.

Em Alagoa Grande, a vítima entrou em contato com os policiais da 2ª Companhia informando que foi ameaçada com uma faca pelo próprio irmão. A guarnição de Rádio Patrulha comandada pelo sargento Paiva compareceu ao local e, ao fazer a abordagem no suspeito, encontrou com ele uma faca peixeira. O suspeito e a vítima foram conduzidos para a delegacia.

Ainda em Alagoa Grande, policiais tomaram conhecimento, através da linha direta, nas proximidades de um posto de combustíveis no centro da cidade, um homem teria atirado na direção de outro, embora sem atingi-lo. A guarnição comandada pelo sargento Paiva foi informada que o suspeito teria se evadido do local e estava em um bar no Bairro do Cruzeiro.

Os policiais foram até o local e prenderam o suspeito e apreenderam a arma usada por ele, que confessou que teria disparado na direção do outro após uma discussão entre os dois. Eles e a arma foram levados para a delegacia.

Da Ascom/4ºBMP